Netflix estreia: Bright

03 janeiro

Levando a Serio Blog

Olá amores, tudo boom?? 
Vou iniciar os trabalhos de 2018 falando algo que tudo mundo adora, filmes. Vamos conversar sobre o longa lançado no mês de dezembro na NETFLIX estrelado pelo incrível ator (pelo menos pra mim, merecedor de oscars) Will Smith - Brigth. Se você ainda não assistiu leia essa resenha e depois tire suas próprias conclusões. 

Sinopse: Em um mundo futurista, seres humanos convivem em harmônia com seres fantásticos, como fadas e ogros. Mesmo nesse cenário infrações da lei acontecem e um policial humano (Will Smith) especializado em crimes mágicos é obrigado a trabalhar junto com um orc (Joel Edgerton) para evitar que uma poderosa arma caia nas mãos erradas.

Bright é o mais recente filme do diretor David Ayer, protagonizado por Will Smith e Joel Edgerton que interpretam, respectivamente, o falido policial Scott Ward e o Orc desertor, também policial, Nick Jakoby. Parceiros no trabalho, os dois embarcam no que seria somente mais uma ronda policial rotineira, mas acabam encontrando um objeto poderoso que pode mudar o destino do mundo: uma varinha mágica, artefato de extremo poder que só pode ser manuseado por raras pessoas, os Brights.

O filme basea-se em um mundo onde há uma diversidade de seres de diferentes especies, além dos humanos, os Orcs e Elfos são os mais destacados. Além disso é enfatizado o preconceito entre as etnias como na vida real e mostra que a confiança entre parceiros é essencial, no que me conquistou muito nesse quesito.

Levando a Sério Blog

Apezar das abordagens citadas acima, o filme é centrado na proteção da varinha magica para que não caia em mão erradas. O desejo dos vilões sobre a varinha é trazer uma grande entidade das trevas para dominar o mundo.

Crítica Social
(retirado do Serio Nauan)

Outro ponto que podemos ver em “Bright” é a crítica social. A obra fala sobre segregação social e usa fadas, orcs e elementos mágicos para criticar o como a sociedade descrimina o próximo e em alguns momentos a trama tem cenas que nos leva a pensar sobre racismo, homofobia e todo tipo de preconceito. O repórter especial do huffpostbrasil.com, Caio Delcolli fala disso muito bem em uma publicação do site:

Em uma versão alternativa do presente, orcs, fadas, elfos e outras criaturas mágicas existem e moram no mesmo mundo que nós, humanos. É claro que dividir o mesmo planeta conosco não daria muito certo, uma vez que não somos bons em fazer isso nem com nós mesmos. Bright, novo longa-metragem original da Netflix, examina essa conturbada dinâmica social — e põe logo Will Smith, um ícone da cultura negra, no papel de um racista.

Minha Opinião sobre:
Infelizmente para critica, Bright foi citado como 'o pior filme do ano" o que acho um grande exagero de sua parte, pra mim foi um longa muito bem elaborado, repleto de efeitos e cenas de luta. Uma falha que encontrei foi logo no inicio, onde já é possível identificar quem pode usar a varinha magica (tentando não deixar escapulir spoilers). O longa aborda diversos temas, inclusive nos dá uma boa lição de moral no decorrer da trama. Vimos a construção de uma grande amizade apesar do preconceito abusivo entre um humano e um Orc. Vimos também três elementos sendo adquiridos dentro desta amizade: a confiança, a proteção e o perdão! Pra quem gosta de filmes desse genero concorda que seria uma serie incrível. Lembrando que a Netflix fechou contrato para BRIGHT 2 - sem data de estreia no momento.

Nota: 4,5/5

Se você já assistiu, deixa sua opinião abaixo. Vamos debater?
Beijos, até a próxima

você também vai gostar

19 comentários

  1. Olá! Tudo bem?
    Tanto livros como filmes que tenham fadas, ogros e outros não chamam muito a minha atenção, mas esse filme parece ter muito mais que o "mundo de fantasias". E mesmo que tenha sido considerado o pior filme do ano, a sua resenha me deixou curiosa. Tentarei assistir.

    Parabéns!
    Estou seguindo o blog.
    Beijos,
    Narah, www.lerantesdedormir.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Narah! Obrigada por seguir meu blog e seja bem vinda..

      Excluir
  2. olá , tudo bem ? Acho que a critica exagerou em pior filme do ano , sei que sou suspeita pois sou super fã do trabalho do Will Smith, o filme tem suas falhas mais mesmo assim vale apena assistir .Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale super a pena sim, Will Smith interpretou perfeitamente neste filme, como sempre faz..

      Volte sempre lindona

      Excluir
  3. Oiiie,
    Vou ser sincera eu gostei demais e realmente as criticas do filme foram bem pesadas como o ''pior filme do ano''eu adoro o trabalho que o Will Smith faz e adorei mesmo o filme, parece-me que esses criticos tão é ficando mais chatos cada vez mais *falei mesmo*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! A critica esta ficando cada vez mais exigentes, no que acaba com qualquer filme bom..
      Achei um filme maravilhoso.
      volte sempre aqui linda

      Excluir
  4. Olá! Tudo bem?
    Eu adoro o Will (além de ser um ator incrível, é um gato. Eu casaria) rs.

    Brincadeiras à parte quero ver esse filme. E venho dizer que não confio nas críticas. Há muitas coisas que assisto e gosto muito, que para a crítica é ruim. Sou aquariano, é mais fácil eu gostar do que não gostam do que o que todo mundo gosta e faz alarde.

    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com
    Estou no Instagram: http://instagram.com/vidaeletras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Diegoo!
      Concordo plenamente com sua percepção sobre o Will, também casaria fácil com ele rs'
      Assim como você, nunca acreditei nas concepções de nenhuma critica, se eu gosto, gosto e pronto final..
      Obrigada pela sua visita, volte sempre

      Excluir
  5. Amei sua resenha, deu vontade de assistir, mesmo o filme não sendo bem classificado, gosto muito do ator Will Smith, gosto de filme de fantasia,

    Beijos

    https://samhallo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai gostar, pois eu recomendo! Ignore as criticas..
      beijinhos

      Excluir
  6. Oi Anália, tudo bem? Eu também sou suspeita para falar do Will, pois amo o trabalho dele. Infelizmente ainda não assisti ao filme, mas vontade é o que não falta. Confesso que após ler sua review a vontade aumentou. Sobre as críticas, tento não levar muito em consideração, pois sempre são bem divergentes do que eu acabo achando sobre. Espero gostar do enrendo assim como você :)

    Beijos,
    Blog Luna literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Julia. Agradeço-te imenso pela visitinha e acredito que você vai gostar sim
      beijos

      Excluir
  7. Eu particularmente gostei do filme, mas também achei alguns pontos negativos, como por exemplo: poderiam ter mostrado mais sobre alguns personagens fiquei curiosa em saber mais sobre a vida do Nick, por mais que ele tenha contado sobre sua infância, queria ter visto um flashback, acho que seria interessante.
    Talvez tenha isso no próximo filme!

    Gostei da sua resenha!

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monique. Agradeço pelo seu feedback e por seguir no blog e na pagina seja muito bem vinda minha flor.

      Excluir
  8. Olá!!

    Estou para assistir esse filme e gostei de ver o post dele aqui. Eu não sabia que a crítica considerou o pior, mas mesmo assim gostei do que você falou e continua curiosa para assistir, ainda mais que gosto do estilo e também gosto dessa parte de crítica social. Vou conferir!!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê! Muito obrigada espero que você goste do filme assim como eu!
      beijos

      Excluir
  9. estou bem dividida em relação a esse filme
    eu ainda nao vi, confesso que meio que dei uma desanimada pelas negativas que ele recebeu, mas ainda encontro pessoas que assim como vc gostaram do filme e que indicam. eu ainda vou ver mas minhas expectativas cairam muito, uma pena ja que eu tinha certeza de que seria incrivel
    enfim, vou assistir pra ver de qual é

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu recomendo assistir. Por que dependentemente se gostar ou não, pelo menos você já tirou sua duvida..
      É melhor assisti logo rsrs
      bjos

      Excluir
  10. Oi Anália!
    Assisti Bright duas vezes e poxa, eu não consegui entender até agora porque a crítica foi tão ferrenha. Claro que ele pode não ser o filme dos filmes, o filme do século. Mas é inteligente, tem uma crítica social muito boa e, para os fãs de seres mágicos e afins, achei uma ótima visão de encaixar tudo que vemos em mundos distintos aplicado ao nosso cotidiano. Sério, eu achei o filme muito bom sim e, apesar de um pequeno deslize aqui e outro ali, digno de mostrar pelo que veio. E fiquei mega feliz com a ideia de ter uma sequência! :)
    xoxo

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar.
Responderei em breve, por isso ative as notificações.

Heart Chat Bubble